Conheça Kliluk: O Lago Sagrado Do Canadá

Kliluk: é considerado um dos Lagos Mais Raros do Mundo

Por ser carregado de minerais raros, hoje o kliluk Lake (Lago manchado) está totalmente fechado para visitação do publico. O local é utilizado para pesquisas cientificas em diversas áreas de saúde e energia. Leia mais neste artigo.

Localizado nos arredores da cidade de Osoyoos, na Colúmbia Britânica, o “Lago Manchado do Canadá” atrai visitantes de todo o mundo, que hoje só podem vê-lo de longe.

Conhecido como Kliluk pelos nativos, ele possui uma concentração muito alta de vários minerais diferentes, incluindo um tipo raríssimo de magnésio que vem sendo utilizado por pesquisadores para desenvolver medicamentos para os ossos.

Ele também contém algumas pequenas doses de prata e titânio.

A maior parte da água no Lago Manchado evapora durante o verão, deixando para trás grandes “manchas” de minerais.

Dependendo da composição mineral deixada para trás, os pontos adquirem cores que variam entre branco, amarelo pálido, verde ou azul.

As manchas são feitas principalmente do sulfato de magnésio, que cristaliza no verão e forma “passarelas” naturais por toda a extensão do lago.

Durante a Primeira Guerra Mundial, os minerais do lago foram colhidos para a fabricação de vários tipos de munição.

 

Acredita-se que trabalhadores chineses chegavam a retirar cerca de uma tonelada por dia de sais da superfície do lago e transportavam a carga para fábricas de munições no leste do Canadá.

Por que o Kliluk Lake é considerado sagrado?

O lago é também considerado um local sagrado para os moradores locais, além disso é rico culturalmente cujo potencial para exploração comercial gerou bastante controvérsia recentemente.

A qualidade terapêutica do lago é conhecida há milênios. Os índios nativos usavam a lama e as águas para amenizar dores e tratar doenças.

De acordo com uma história, certa vez duas tribos em guerra assinaram uma trégua em que ambas as partes tiveram permissão para cuidar de seus feridos no Lago Manchado.

O lago era originalmente propriedade da Família Ernest Smith por cerca de 40 anos.

Em 1979, quando Smith tentou criar um spa no lago, os nativos tentaram compra-lo para que pudessem mantê-lo como local sagrado.

Após mais de 20 anos de tentativa não conseguindo convencer Smith a vender a terra eles finalmente chegaram a um acordo no final de outubro de 2001, quando compraram 22 hectares de terra por cerca de 720 mil dólares.

Hoje, o lago é rodeado por uma cercas para afastar as pessoas, mas é possível ter uma boa visão de toda a paisagem através de um rodovia que passa próximo ao local.

Pesquisas medicinais avançadas descobriram um tipo raro de magnésio no lago sagrado

O magnésio é um mineral indispensável para todas as idades.

A principal função dessa substância orgânica é acionar as enzimas responsáveis pelo metabolismo dos lipídios, proteínas, carboidratos e da glicose. Deste modo, o magnésio participa de todos os processos biológicos, desde a produção de energia celular até a síntese dos ácidos nucleicos.

Além das funções essenciais que o magnésio desempenha em nosso organismo, como as descritas acima, esse mineral está presente no sistema nervoso, rins, fígados, e em toda a musculatura incluindo coração, testículos, próstata e tireoide.

Dentre os minerais presentes no corpo humano, o magnésio é o segundo mais importante logo após o potássio.

Por suas características de cura, o “lago sagrado” recebeu visitas de pessoas do mundo inteiro durante centenas de anos para banhos medicinais, porém a exploração exagerada levou o lago ser fechado para visitação do publico em geral.

Magnésio Raro do lago sagrado

Em 2018, uma pesquisa científica descobriu um tipo raro de magnésio no lago capaz de regenerar as cartilagens humana, o que seria considerada um grande avanço da medicina para tratamento de doenças como Artrite e Artrose.

Com base na pesquisa estão sendo desenvolvidos medicamentos para tratamento de várias doenças que atingem principalmente os ossos, juntas e as articulações humana.

Interessante, não? Compartilhe e deixe o seu comentário!